OS BENS ECONÔMICOS


Bens econômicos são aqueles bens úteis que possuem preços, são relativamente escassos e são atribuídos a algum esforço humano. Em Economia, um bem é algo que permite satisfazer necessidades econômicas, podendo tratar-se de um objeto com suporte físico ou de um serviço. Podemos classificar os bens econômicos segundo diversos critérios. São bens econômicos aqueles que de alguma forma possuem materialidade. Alguns não podem ser vistos nem tocados. São aqueles úteis e escassos, já que a utilidade é pressuposto da escassez.
Assim, os bens econômicos podem ser:
Bens de capital: são todos os bens utilizados no processo produtivo, ou seja, bens de capital, que permitem produzir outros bens. Por exemplo: equipamentos, computadores, edifícios, instalações etc.
Bens Finais: são bens acabados, pois já passaram por todas as etapas de transformação possíveis.
Bens de consumo: são aqueles usados diretamente para a satisfação das necessidades humanas. Estes  bens podem ser: de consumo durável, tais como: carros, móveis, eletrodomésticos; e  de consumo não durável, como, por exemplo, gasolina, alimentos, cigarro.
Bens intermediários: consistem nos bens que ainda estão inacabados, que precisam ser transformados para atingir a sua finalidade principal. Por exemplo: aço, vidro e borracha usados na produção de carros.
Bens complementares: são aqueles que só quando utilizados em conjunto satisfazem a necessidade inerente. Por exemplo, a gasolina e um automóvel, só em conjunto satisfazem a necessidade de deslocação inerente; o hardware e o software de computador, só em conjunto satisfazem a necessidade de computação inerente, etc. Podem ser complementares por necessidade (cd + aparelho de cd), por cultura (arroz + feijão) ou de ordem psicológica.
Bens Sucedâneos: Em economia, chama-se bem sucedâneo ou substituível a um bem que possa ser consumido em substituição a outro, isto é, pode satisfazer a mesma necessidade. Por exemplo, margarina e manteiga são em geral consideradas bens substituíveis uma vez que exercem basicamente a mesma função.
Bens escassos: Caracterizam-se pela escassez.
Bens Supérfluos: São os bens dispensáveis.
Bens livres: São aqueles bens intangíveis, de livre acesso a todos e que não possuem valor, Ex: o ar, o mar, a luz solar. 
Bens exclusivos: Que atendem a uma pessoa num dado momento.
Bens Coletivos: Atendem ao mesmo tempo a necessidade de um grupo.


Referências Bibliográficas:
http://studentsforeconomy.blogspot.com.br/2011/11/bens-sucedaneos-ou-substituiveis.html
http://www.ebah.com.br/content/ABAAABESQAB/apostila-sistemas-economicos-certa
http://www.thinkfn.com/wikibolsa/Bens_complementares
http://www.infopedia.pt/$bens-economicos
http://www.brasilescola.com/economia/bens.htm
Postar um comentário